terça-feira, 13 de dezembro de 2011

E disso eu me lembro bem, foi a primeira vez que eu tive a dimensão de alguma coisa realmente grande. Foi diferente. Foi diferente de querer pegar na mão e passar tardes inteiras em silêncio ou do único suspiro. A primeira vez que eu entendi o significado de cada batimento cardíaco além do necessário, a primeira vez que eu entendi o porquê sempre eu baixava os olhos quando você passava, o porquê eu precisava de uma pausa pra respirar. Eu acho que gostava de você.