terça-feira, 22 de julho de 2014

“Quem é essa? Marina? Eita, mas Marina tá uma diaba lindíssima.”

— Fala tu, Quequel.
— Fala aí.
— Como cê tá? Me veio seu nome da cabeça do nada e resolvi te mandar essa mensagem.
— Que louco, ontem mesmo também me veio seu nome a cabeça... Tô ótima, tá tudo lindo.
— Me conta da sua vida, pô! Tá amando, né? Te conheço... falando desse jeito, deve estar com o coração cheinho, cheinho...